United Kingdom(Great Britain)  Brazil

O PROJETO

A Pimpolhos da Grande Rio há 10 anos atua na vida sócio-cultural da cidade de Duque de Caxias e da região portuária do Rio de Janeiro, desenvolvendo práticas carnavalescas a partir do reaproveitamento de materiais na produção de seu desfile e de oficinas artísticas e culturais. O projeto de educação não formal desenvolve as temáticas abordadas nos enredos de forma lúdica, incluindo os componentes da Escola e suas famílias na produção do desfile de Carnaval da Pimpolhos.

O Carnaval Pedagógico envolve toda equipe da Pimpolhos: crianças e duas famílias, artistas, educadores, pedagogos, produtores e coordenadores de alas (Alas são grupos de 50 a 100 crianças que desfilam no chão com o mesmo tema de fantasia) e instituições parceiras. Os desfiles da Pimpolhos levam para a Sapucaí entre 1500 a 1700 crianças, 200  coordenadores de Alas e 30 jovens e adultos que participam do projeto Escola de Carnaval.

Durante os 4 meses que antecedem o carnaval são oferecidas atividades lúdico-pedagógicas que estimulam a criatividade e a compreensão dos temas relacionados ao enredo, aos conceitos das fantasias, alegorias e a produção do carnaval mirim.  Os enredos escolhidos pela Pimpolhos trazem questões relacionadas aos direitos humanos, a preservação ambiental,  valorização da cultura popular e a importância da escola e da família na vida da criança e do adolescente.

Este projeto tem dois grupos de beneficiados diretos:

• 1500 crianças e adolescentes e 100 presidentes/coordenadores de ala que participam das oficinas do projeto Carnaval Pedagógico;

• 30 jovens e adultos que participam de oficinas carnavalescas do projeto Escola de Carnaval.

O objetivo do projeto Carnaval Pedagógico é propor à comunidade de Duque de Caxias uma maior interação com a mensagem dos enredos, com os conceitos das fantasias e com a produção do carnaval mirim.

*Os presidentes e coordenadores de ala são adultos responsáveis pelas crianças que ensaiam e desfilam em grupos chamados de alas.